Logo Loading

0.00 

Poetrónica n.º 2

(3 avaliações de leitores)

Poemas de Carlos Arinto, Edson Amaro de Souza, Rafaela Nogueira Barbosa, Teresa Corrêa e Vanessa Bastos

Seleção de Beatriz Batarda, Helder Macedo, José Gil e Maria João Pires

Edição de Ângela Correia e Ana C. Rafael

Ilustrações de Sofia Livesay

Revista de poesia | Periodicidade: incerta. | ISBN: 978-0-359-98324-7

Lisboa | Novembro de 2019

PDF
Autor(a): Categoria: Etiqueta:
Partilhar

Meet The Author

A Poetrónica é uma revista de poesia que resulta de seleção plural e independente: os selecionadores convidados recebem os poemas sem nenhuma indicação de autoria e escolhem um a três poemas do conjunto.

Na Poetrónica n.º 2 foram selecionadores Beatriz Batarda, atriz; Helder Macedo, escritor e crítico literário; José Gil, filósofo; e Maria João Pires, pianista.

«A seleção «cega» dos poemas criou uma inesperada teia de relações: Maria João Pires escolheu um poema de Carlos Arinto (amanhã), poeta escolhido de novo por José Gil (Viagem a Lisboa), que escolheu também um poema de Vanessa Bastos (O mar), poetisa igualmente escolhida por Helder Macedo (À janela), que escolheu também um poema de Teresa Corrêa (Eu), poetisa que Beatriz Batarda selecionou também (Love affair), além de ter selecionado um poema de Edson Amaro de Souza (Não temerei morrer excomungado), poeta que já tinha sido selecionado para a Poetrónica n.º 1… No meio desta teia, pela mão de Beatriz Batarda, instala-se o poema Edson’s drink de Rafaela Nogueira Barbosa, exibindo uma incontornável diferença. E tudo isto assim aconteceu dir-se-ia por acaso, se os acasos existissem, já que nenhum dos selecionadores soube nem os nomes dos autores nem da seleção uns dos outros.»

Ângela Correia, Apresentação

 

3 avaliações de Poetrónica n.º 2

  1. Fernando Pêra

    Excelente projeto . Resiliente e feito por quem gosta daquilo que faz. Bem hajam.

  2. Cristiane de Oliveira

    Achei linda esta edição; tem escolhas muito sensíveis. Especialmente os poemas “Viagem a Lisboa” e “Amanhã” falaram diretamente comigo. obrigada aos editores e poetas.

    aguardando as próximas edições,
    Cristiane

  3. José Serra

    Sem ordem, não sei o quê em mim me fez anotar:
    EU de Teresa Corrêa
    O MAR de Vanessa Bastos
    AMANHÃ de Carlos Arinto.
    Sobre o livro, em si? É evidente a dedicação e o mérito. Literalmente: vale a pena.

Adicionar uma avaliação

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *