Logo Loading

Hífen / Travessão (M dash / N dash)

Regra

Devem distinguir-se estes dois sinais gráficos: o hífen (-) e o travessão, que pode assumir dois tamanhos: o do M, chamado M dash (ou quadratim), e o do N, chamado N dash (ou meio-quadratim). O M dash (—), mais comprido, deve usar-se em contexto textual. O N dash (–), mais curto, deve reservar-se para contextos numéricos, como a indicação de intervalos, por exemplo, de tempo. Os teclados comuns dos computadores não têm habitualmente uma tecla exclusivamente destinada ao travessão. Pode obter-se um M dash usando o teclado numérico e a seguinte combinação: alt+0151. Pode obter-se o N dash usando o teclado numérico e a seguinte combinação: alt+0150. Prefira-se o N dash para marcar o início de cada item numa lista de itens.

Devem distinguir-se estes dois sinais gráficos: o hífen (-) e o travessão, que pode assumir dois tamanhos: o do M, chamado M dash (ou quadratim), e o do N, chamado N dash (ou meio-quadratim). O M dash (—), mais comprido, deve usar-se em contexto textual. O N dash (–), mais curto, deve reservar-se para contextos numéricos, como a indicação de intervalos, por exemplo, de tempo. Os teclados comuns dos computadores não têm habitualmente uma tecla exclusivamente destinada ao travessão. Pode obter-se um M dash usando o teclado numérico e a seguinte combinação: alt+0151. Pode obter-se o N dash usando o teclado numérico e a seguinte combinação: alt+0150. Prefira-se o N dash para marcar o início de cada item numa lista de itens.

Exemplos

— Sabe dizer-me quanto tempo demora a viagem até Coimbra? — perguntou-me um rapaz com ar aflito, na estação. Eu não sabia, mas levei-o até ao expositor dos horários e apontei.

— Diz ali: 15 h – 17 h.